Você está aqui: Portal de notícias Matérias Plenário

09/08/2012 - 20h05 Plenário - Pronunciamentos - Atualizado em 10/08/2012 - 09h15

Anibal Diniz faz balanço positivo de semana de esforço concentrado

Enviar notícia por e-mail Imprimir

Da Redação

O senador Anibal Diniz (PT-AC) fez um balanço do esforço concentrado do Senado Federal, que para ele teve um resultado “altamente produtivo”. Para o parlamentar, os senadores estão “com a consciência tranquila, com a sensação do dever cumprido”.

Em pronunciamento nesta quinta-feira (9), o senador relatou as principais propostas aprovadas. Para ele, foram aprovadas “matérias significativas para a continuidade do desenvolvimento do país”. Anibal Diniz destacou o Projeto de Lei de Conversão (PLV) 18/2012, originado da Medida Provisória (MP) 563/12, com medidas para incentivar o crescimento econômico, como a isenção de tributos de diversos produtos e a desoneração da folha de pagamento de diversos setores da economia, como o hoteleiro, o moveleiro e o naval, além do transporte de carga e de passageiros.

O parlamentar destacou ainda a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 33/09, que reintegra no ordenamento jurídico a exigência de diploma em Comunicação, em habilitação Jornalismo, para o exercício da profissão. A exigência do diploma fora revogada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em 2009. A PEC, de autoria do senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), seguiu para o exame da Câmara dos Deputados.

Outra matéria destacada foi o Projeto de Lei do Senado (PLS) 652/11, de autoria do senador Gim Argello (PTB-DF), que institui a aposentadoria especial, com 25 anos de contribuição, para garçons e outros profissionais do setor de bares e restaurantes, como cozinheiros e confeiteiros.

Anibal Diniz destacou ainda a aprovação do Projeto de Lei da Câmara (PLC) 180/08, que aumenta para 50% do total de vagas das universidades públicas as reservadas para quem tenha feito ensino médio em escola pública; da PEC 82/11, que concede autonomia administrativa e funcional à Defensoria Pública da União e do Distrito Federal; e a votação, em primeiro turno, da PEC 63/11, que reabre até 31 de dezembro de 2012 o prazo para estados, Distrito Federal e municípios aderirem ao regime especial de pagamento de precatórios.

Agência Senado

(Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

 
FacebookTwitterYouTubeFlickrInstagramGoogle PlusPinterestTumblr

Procuradoria Especial da Mulher

Banner pauta prioritaria
Manual de Comunicação da Secom
50 anos do golpe
 

Pacto Federativo