Você está aqui: Portal de notícias Matérias Plenário

16/07/2012 - 16h40 Plenário - Pronunciamentos - Atualizado em 17/07/2012 - 10h19

Mozarildo Cavalcanti pede campanhas permanentes de conscientização do eleitor

Enviar notícia por e-mail Imprimir

Da Redação

O senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) defendeu nesta segunda-feira (16) iniciativas de conscientização dos eleitores, que escolherão, em 2012, vereadores e prefeitos nos 5.565 municípios brasileiros. Para o senador, instituições como igrejas e sindicatos têm um papel relevante no esclarecimento do eleitorado, assim como os tribunais eleitorais, que deveriam fazer campanhas permanentes.

– Essas campanhas não deveriam ser feitas só no ano eleitoral. Elas precisariam ser feitas quatro anos seguidos, para que pudessem realmente mostrar ao eleitor que o voto dele vale muito mais do que, às vezes, a troca por um favor – argumentou.

Mozarildo citou avanços no processo eleitoral, como a Lei da Ficha Limpa e a proibição dos “showmícios”, mas lembrou que o maior fiscal ainda é o eleitor. Para ele, o descrédito da população na política e a sensação de que os candidatos são todos iguais podem gerar prejuízos futuros.

– Quando o eleitor diz que não tem jeito, que é todo mundo igual, que tanto faz votar em A, em B ou em C, que é a mesma coisa, essa descrença só ajuda os maus, não ajuda os bons, que querem realmente fazer alguma coisa - afirmou.

Para o senador, o eleitor deve refletir antes de votar e procurar saber da biografia do candidato, das atividades que exerce e da capacidade para defender os interesses da coletividade.

– É importante que todos nos mobilizemos, para que possamos começar a realmente escrever uma nova história na política do Brasil.

Agência Senado

(Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

 
FacebookTwitterYouTubeFlickrInstagramGoogle PlusPinterestTumblr

Procuradoria Especial da Mulher

Banner pauta prioritaria
Manual de Comunicação da Secom
50 anos do golpe
 

Pacto Federativo