Você está aqui: Jornal do Senado Edição de 18 de junho de 2012 Economia

18/06/2012 - Economia

Requião propõe trocar dívida dos estados por obras e investimentos

Enviar notícia por e-mail Imprimir

Roberto Requião (PMDB-PR) defendeu a conversão da parte da dívida que os estados têm com a União em obras de infraestrutura e no custeio de serviços públicos de saúde e educação.

— Os estados deixam de amortizar seus débitos e o valor desses débitos transforma-se em investimento. Com isso, movimenta-se o círculo virtuoso da economia, pois investimentos condicionam demandas, emprego e
consumo — afirmou.

Requião sugere que, por meio de lei complementar ou medida provisória, a União estabeleça convênios com os estados, que investiriam as parcelas da dívida em obras de infraestrutura, como construção e reforma de postos de saúde, escolas, hospitais, rodovias, ferrovias e portos.

Pelas regras em vigor, o senador avalia que estados e municípios precisariam de 200 anos para saldar suas dívidas com a União. Ele considera os compromissos impagáveis.

Para Requião, a União não perderia ao abrir mão de receber parcela da dívida, pois os recursos continuariam a ser investidos no país.

Jornal do Senado

(Reprodução autorizada mediante citação do Jornal do Senado)